.
SINDICAM-SP


SAAC


Rodão


.

Giro seta

.
.
Dia Nacional do Caminhoneiro
 
Tamanho
da letra
 

Fetrabens abre Terceiro Seminário Nacional de Sindicatos de Caminhoneiros nesta quarta-feira

 
14/09/2016
 
O primeiro dia do 3º Seminário Nacional de Sindicatos de Caminhoneiros Autônomos realizado pela Fetrabens (Federação dos Caminhoneiros Autônomos de Cargas em Geral do Estado de São Paulo) nesta quarta-feira (14) contou com a presença de palestrantes renomados de instituições e empresas ligadas ao Transporte Rodoviário de Cargas. O Seminário acontece até sexta-feira, 16, no Centro de Convenções do Sindicam-SP, no Recanto Angaturama, em Santa Isabel, SP, e reúne caminhoneiros autônomos de diversas partes do Brasil. A desembargadora do Tribunal Regional do Trabalho da 2a. Região, Ivani Bramante, foi a primeira palestrante do dia, e falou sobre improbidade administrativa e como é aplicada ao dirigente sindical. A palestra foi em tom descontraído, no sentido de esclarecer e tirar dúvidas dos participantes. “Eu sempre fiquei curiosa para saber como os [caminhoneiros] autônomos se comportam, eu acho muito interessante esses seminários e debates”, contou Ivani. A desembargadora falou do papel do dirigente sindical e de sua conduta diante da função que ele exerce. “Todos os princípios que regem a administração pública são aplicadas ao sindicato porque eles devem agir de acordo com a impessoalidade e agir com moralidade, ou seja, não ter condutas ou negócios escusos que venham ferir a moralidade administrativa”, disse. “Todo aquele que utiliza dinheiro público, de qualquer forma, é equiparado a um agente público, o dirigente sindical é equiparado ao agente público na administração desse dinheiro”, enfatizou. O gerente de Veículos do Detran-SP, Eduardo Rangel, tratou da desburocratização dos serviços prestados ao motorista, de modo particular aos caminhoneiros. Rangel falou sobre serviços online e sobre a emissão da certidão de comodato. Diante das perguntas dos participantes, ele foi preciso nas respostas e esclareceu dúvidas. “As perguntas foram muito oportunas. Esse procedimento, que é o da emissão da certidão de comodato, preocupa bastante a gente por conta do impacto dele nos transportadores, e a gente quer tentar solucionar os eventuais problemas da melhor maneira possível”, disse Rangel. O gerente de fiscalização da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), João Paulo de Souza, durante sua palestra, falou sobre o Canal Verde Brasil, que é um programa do Governo Federal de integração de base de dados para viabilizar a fiscalização eletrônica do transporte, possibilitando a troca de informações com entidades estratégicas, tais como a Polícia Federal, no combate ao roubo de cargas, a Secretaria da Fazenda e a Receita Federal, para fiscalização e combate à sonegação fiscal. “O grande ganho desse programa é justamente você fiscalizar o transporte sem pará-lo, para reduzir o custo da parada do transporte como economia de escala, então, por isso o nome Canal Verde Brasil, é farol verde”, contou João Paulo, que, ao final, respondeu perguntas e tirou dúvidas dos participantes. “As perguntas foram muito oportunas, porque elas foram técnicas, dirigiram já aspectos centrais do projeto, uma vez que esse programa já está sendo amplamente divulgado. Como ele já é uma realidade, ele já está instalado”, disse. O coordenador de Pesquisa e Estatística em Transporte (CGPET), do Ministério dos Transportes, Rone Barbosa falou sobre a visão do Governo Federal com relação ao Transporte Rodoviário de Carga e o diálogo com os diversos setores da sociedade. “A gente procurou trazer [durante a palestra] qual é a visão do Governo Federal sobre o transporte rodoviário de cargas, destacando principalmente a criação do fórum permanente TRC (Transporte Rodoviário de Cargas), que conta com a participação tanto dos caminhoneiros autônomos quanto das empresas de transporte e os embarcadores”, disse Barbosa. Para ele, as perguntas realizadas após a palestra já eram esperadas. “As perguntas não foram muito novidades para a gente, porque elas já são recorrentes durante as reuniões do fórum, e a gente busca tentar algumas alternativas, algumas soluções de consenso para encaminhar as proposições ao órgão demandado”. Márcio Lopes, responsável técnico, na parte de legislação, do Transportando Ideias, foi o último palestrante do dia. A entidade é um grupo com mais de 500 empresas e entidades de transportadora e transportadores autônomos, inclusive, associações e federações. Lopes falou, durante sua palestra, sobre a nova legislação, o que será bom para os transportadores e o que lhes trará responsabilidades. “Se a gente sabe com antecedência que a gente tem uma certa obrigação, a gente se prepara para ela, esse foi o objetivo [da palestra]”, disse. “A ideia também é ouvir e entender as necessidades, e fazer uma legislação que seja justa, mas também que seja correta com a sociedade”, disse. “Nós temos que proteger o autônomo, mas também nós temos que proteger a sociedade”, completou. Os participantes interagiram com Lopes, deram sugestões e fizeram perguntas. “O pessoal está muito ligado, diferente de alguns eventos que a gente vai, que na hora que você pergunta as coisas, o pessoal não sabe o que precisa, não sabe o que quer”, contou. “Quando você vai a um lugar que você vê que as perguntas foram pertinentes, que as perguntas tratam de assuntos que beneficiam, não só o setor de autônomos, mas beneficiam o transporte como um todo, ou seja, mostram a maturidade para ver que o transporte como um todo e o país como um todo têm que ganhar”, finalizou. Além do presidente da Fetrabens, Norival Silva, estiveram presentes presidentes de mais de 50 sindicatos de caminhoneiros de várias partes do Brasil, assim como de empresas e outras entidades relacionadas ao Transporte Rodoviário de Cargas. Para Norival, o primeiro dia desse 3o. Seminário deu uma amostra da importância que o setor tem na economia brasileira e, sobretudo, a importância da organização da categoria. “Vieram representante sindical de Rondônia, Amazonas, Brasília, Goiás, Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Bahia, São Paulo, entre outros estados”, informou. O 3o. Seminário Nacional de Sindicatos de Caminhoneiros Autônomos - Encontro Fetrabens-2016 & a 8a. Festa do Dia Nacional dos Caminhoneiros contam com patrocínio da Buonny, Belentani Corretora de Seguros; Guep Technology; e PamCard; e com o apoio da AMPEF; da CCR NovaDutra e da Prefeitura Municipal de Santa Isabel. Serviço: 3o. Seminário Nacional de Sindicatos dos Caminhoneiros Autônomos – Encontro Fetrabens/2016 & 8a. Festa do Dia Nacional do Caminhoneiro; Data: de 14 a 18 de Setembro de 2016 Abertura Oficial Seminário: 14/09 – 9 horas 15 e 16 de setembro: 9h às 16h30 8ª Festa Dia Nacional do Caminhoneiro Abertura Solene: 16/09 – às 20 horas 17 de setembro: 10h às 20h 18 de setembro: 10h às 16h30 Local: Colônia de Férias do SINDICAM-SP - “Recanto Angaturama” Endereço: Estrada do Pau Cerne, s/n – Pouso Alegre – Santa Isabel – SP – altura do KM 65 + 300 m da Rodovia SP 056 – Santa Isabel/Igaratá, entrar a esquerda. Mais informações à imprensa: Cláudio Ferreira – (11) 7869-8501 / 9-9803-6434 F2 Press Comunicação Integrada Fone.: (11) 3603-3082
 
Fonte: www.sindicamsp.org.br
 
Voltar
 
Compartilhar no Orkut Compartilhar no Facebook
 

cadastre-se

.
Digite seu e-mail aqui:
 

publicidade

.
IV SEMINÁRIO NACIONAL DE SINDICATOS DE CAMINHONEIROS AUTÔNOMOS
 
 
. .
Desenvolvido por:
F2 Webdesigner
Palavra do Presidente | Diretoria | História do Sindicam | Notícias | Sub-sedes | Jurídico | Eventos
Benefícios | Convênios | Links | Contato | Localização | Sindicams | Jornal do Sindicam