.
SINDICAM-SP


SAAC


Rodão


.

Giro seta

.
.
Dia Nacional do Caminhoneiro
 
Tamanho
da letra
 

Câmara aprova política de preço mínimo para transporte de cargas

 
21/06/2017
 
(Reuters) - A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira, em caráter conclusivo, projeto que estabelece uma política de preços mínimos para o setor de transporte de cargas, informou a Agência Câmara. O projeto, que seguirá para aprovação no Senado, determina que nos meses de janeiro e julho o Ministério dos Transportes defina valores mínimos por quilômetro rodado para o frete cobrado no transporte rodoviário de cargas. A proposta prevê que a definição de preços mínimos deverá levar em conta, prioritariamente, a oscilação do valor do óleo diesel e dos pedágios na composição dos custos do frete. A medida enfrenta oposição de integrantes do setor agrícola, que avalia que os preços do frete devem ser regulados pelo mercado. No projeto, já estão previstos valores mínimos até que o Executivo regulamente a lei: 0,90 real por quilômetro rodado para cada eixo carregado, no caso de cargas refrigeradas ou perigosas; e 0,70 real nos demais tipos de cargas. Os preços mínimos serão definidos junto de sindicatos de empresas de transportes e de transportadores autônomos de cargas, além de representantes das cooperativas do setor, também segundo a Agência Câmara. O projeto foi aprovado na CCJ após protestos de caminhoneiros realizados no início do ano em algumas importantes regiões produtoras de soja. Os manifestantes reclamavam de baixos preços do frete.
 
Fonte: www.extra.globo.com
 
Voltar
 
Compartilhar no Orkut Compartilhar no Facebook
 

cadastre-se

.
Digite seu e-mail aqui:
 

publicidade

.
IV SEMINÁRIO NACIONAL DE SINDICATOS DE CAMINHONEIROS AUTÔNOMOS
 
 
. .
Desenvolvido por:
F2 Webdesigner
Palavra do Presidente | Diretoria | História do Sindicam | Notícias | Sub-sedes | Jurídico | Eventos
Benefícios | Convênios | Links | Contato | Localização | Sindicams | Jornal do Sindicam