.
SINDICAM-SP


SAAC


Rodão


.

Giro seta

.
.
Dia Nacional do Caminhoneiro
 
Tamanho
da letra
 

Quer evitar desgaste prematuro e prolongar a vida útil da embreagem? Confira as dicas.

 
23/03/2018
 
A embreagem é responsável por transmitir a rotação do volante do motor para o eixo e para as rodas e tem, entre suas principais funções a filtração das vibrações provocadas pelo motor. Assim, o componente exige, cada vez mais, a atenção dos caminhoneiros. Para evitar o desgaste prematuro e prolongar a vida útil do sistema é muito importante que o motorista tenha alguns cuidados básicos. O gerente de produtos e aftermarket da Eaton, Fernando Piton, preparou algumas de cuidados simples que os motoristas devem ter. 1 - Práticas de direção Sustentar o caminhão em rampa ou descansar o pé no pedal de embreagem são duas atitudes totalmente erradas. Ao fazer isso, o motorista está pré-acionando o conjunto e, consequentemente, desgastando o disco da embreagem precocemente. Práticas comuns como submeter a rotação do motor acima do que o disco suporta, promover trancos, sair em segunda marcha ou carregar cargas superiores do que o veículo está projetado para receber expõe o conjunto a temperaturas superiores do que ele tolera, reduzindo seu tempo de vida útil. 2 - Verificar sistema de acionamento Durante a substituição do conjunto de embreagem, é muito importante que o aplicador verifique o sistema de acionamento e funcionamento dos cilindros de acionamento, e substitua qualquer componente desgastado. O rolamento do volante do motor deve ser substituído em toda troca de embreagem e a vedação correta precisa ser respeitada para evitar fuga da lubrificação. 3 - Aplicação de embreagens homologadas O erro mais comum durante a manutenção é a aplicação de embreagens não homologadas pelos fabricantes em veículos comerciais, pois as molas dos discos são especialmente projetadas para cada veículo, ou seja, elas são dimensionadas para evitar que a vibração provocada pelo motor gere danos na transmissão. “Isso evita que o caminhoneiro e o frotista tenham prejuízos com a quebra prematura de conjuntos sincronizadores”, finaliza.
 
Fonte: www.ocarreteiro.com.br
 
Voltar
 
Compartilhar no Orkut Compartilhar no Facebook
 

cadastre-se

.
Digite seu e-mail aqui:
 

publicidade

.
IV SEMINÁRIO NACIONAL DE SINDICATOS DE CAMINHONEIROS AUTÔNOMOS
 
 
. .
Desenvolvido por:
F2 Webdesigner
Palavra do Presidente | Diretoria | História do Sindicam | Notícias | Sub-sedes | Jurídico | Eventos
Benefícios | Convênios | Links | Contato | Localização | Sindicams | Jornal do Sindicam