.
SINDICAM-SP


SAAC


Rodão


.

Giro seta

.
.
Dia Nacional do Caminhoneiro
 
Tamanho
da letra
 

Mogi-Bertioga tem trânsito intenso e lentidão na Sexta-Feira da Paixão

 
30/03/2018
 
início do feriado de Páscoa nesta sexta-feira (30), movimenta as estradas do Alto Tietê. Desde o início da manhã o tráfego é grande na Rodovia Mogi-Bertioga. Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), o trânsito é intenso e com pontos de lentidão ao longo da rodovia no sentido Bertioga. No sentido Mogi das Cruzes o movimento é normal. As informações foram atualizadas às 19h45. O movimento ficou maior no começo da noite, já que por volta das 17h15 o trânsito era intenso, mas sem pontos de lentidão. Bem diferente da situação por volta das 11h30, quando a lentidão estava no início da rodovia e seguia assim até a base da Polícia Rodoviária na Vila Moraes. Depois, o trânsito fluia melhor. No entanto, o motorista voltava a enfrentar congestionamento do KM 75 até o KM 90, no trecho de serra. O DER informou que o movimento começou por volta das 6h30. O motorista encontrava pontos de lentidão a partir do KM 62, na altura da Vila Moraes em Mogi das Cruzes, logo após o posto da Polícia Rodoviária. Outro ponto de lentidão estava concentrado no trecho de serra da estrada. Com três dias de folga e céu aberto, é difícil ficar em casa. “Sai de Jundiaí para Bertioga. Demoramos 2h10 mais ou menos para chegar na Mogi-Bertioga”, disse a analista Luciana Aparecida de Andrade. A Polícia Rodoviária estima que 80.158 carros passem pela Rodovia Mogi-Bertioga, sentido litoral, para o feriado de Páscoa. A data também marca o início da operação "Paixão de Cristo 2018." “Praia é sempre bom, com trânsito ou sem trânsito a gente vai enfrentar”, disse a comerciante Geizialis Martinhão. O DER informou ainda que continua o bloqueio parcial de uma faixa na altura do KM 89, no sentido Mogi. a medida foi tomada na quarta-feira (28), em razão da queda de uma encosta. Nesta sexta-feira, o trânsito deverá ser maior entre às 7h e às 12h. No retorno do feriado, o motorista que seguir sentido Mogi das Cruzes deve evitar o horário das 19h às 23h, de domingo (1º). A Polícia diz ainda que intensificará a verificação do excesso de velocidade, motoristas alcoolizados, infrações cometidas por motociclistas e também irá retirar de circulação os veículos sem condições de segurança. “Nosso trabalho é fazer segurança da via e sinalização. Se tiver chuva, tem que redobrar a atenção. Só faremos mais interdição se houver mais deslizamento”, sargento da Polícia Militar Rodoviária, Wildner Rodrigo de Souza. O motorista que passar pela rodovia deve redobrar a atenção entre os kms 71 e 75 devido a sequência de curvas e também no trecho de serra, a partir do km 80. No trecho de serra, o motorista encontra bolsões para apoio em caso do veículo apresentar problemas mecânicos. As bases operacionais do policiamento rodoviário estão nos km 59,7 e 98. A recomendação é não trafegar pelo acostamento, revisar as condições do veículo antes de pegar estrada, não dirigir com sono ou cansaço, não ingerir bebida alcoólica, utilizar o cinto de segurança e manter o farol baixo aceso durante o dia. Para informações do policiamento, o telefone é o 3327-2727. Já para saber das informações gerais e sobre o trânsito, o contato do DER é o 0800-055-5510. Nas outras rodovias que cortam a região, as concessionárias também estão com operação especial. No corredor Ayrton Senna/ Carvalho Pinto a expectativa é que mais de 800 veículos passem pelas rodovias durante o feriado de Páscoa. A operação montada para este feriado terá o apoio da Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) e da Polícia Militar Rodoviária. Somente na praça de pedágio de Itaquaquecetuba a expectativa é que entre 170 e 215 mil veículos deixem a capital com destino ao interior e às praias do litoral norte. Ao longo do feriado prolongado, no sentido interior, a movimentação deve ser maior das 15h às 19h, desta quinta-feira (29) e das 9h às 13h de sexta-feira (30). Em direção à capital, a previsão é de que o tráfego seja mais intenso entre 12h e 19h no retorno no domingo (1°). Em todos os dias, cerca de 250 funcionários irão trabalhar para o atendimento em ambulâncias e guinchos. Para evitar que se formem filas nos horários de pico, as quatro praças de pedágio funcionarão com capacidade máxima. Também será implantada a Operação Papa-fila nas praças de Itaquaquecetuba e Guararema, quando necessário. Nessa operação, funcionários devidamente identificados, estarão à disposição dos motoristas para realizar a cobrança antecipada nas faixas de rolamento.
 
Fonte: www.g1.globo.com
 
Voltar
 
Compartilhar no Orkut Compartilhar no Facebook
 

cadastre-se

.
Digite seu e-mail aqui:
 

publicidade

.
IV SEMINÁRIO NACIONAL DE SINDICATOS DE CAMINHONEIROS AUTÔNOMOS
 
 
. .
Desenvolvido por:
F2 Webdesigner
Palavra do Presidente | Diretoria | História do Sindicam | Notícias | Sub-sedes | Jurídico | Eventos
Benefícios | Convênios | Links | Contato | Localização | Sindicams | Jornal do Sindicam