.
SINDICAM-SP


SAAC


Rodão


.

Giro seta

.
.
Dia Nacional do Caminhoneiro
 
Tamanho
da letra
 

Márcio França diz que quer dar benefícios fiscais ao trabalhadores autônomos do transporte

 
24/09/2018
 
Em Carapicuíba, na Grande São Paulo, o candidato Márcio França (PSB) disse neste sábado (22) que pretende dar benefícios fiscais para trabalhadores autônomos do setor de transportes. “Autônomos quando compram combustível não se creditam no ICMS como fazem as grandes empresas e a gente quer que isso seja igual pra todo mundo”, disse o candidato. Márcio França se encontrou rapidamente com alguns representantes de caminhoneiros, motoristas de ônibus e de caçambas. A equipe do candidato anunciou o compromisso de campanha como um “adesivaço dos caminhoneiros”. No local, estavam estacionados apenas dois caminhões. O restante era formado por apoiadores com bandeiras. Os representantes do ramo de transportes aproveitaram para fazer reivindicações. O candidato, que é governador do Estado, pegou o telefone e ligou para o Secretário Estadual dos Transportes para dizer que já ia resolver um dos pedidos. Na hora que estava indo embora, Márcio França achou melhor voltar ao estacionamento para registrar a cena dele saindo como carona em um caminhão. Mais cedo, o candidato esteve em São José do Rio Preto, onde se encontrou com prefeitos e ex-prefeitos da região Noroeste do Estado. No discurso, Márcio França voltou a afirmar que tem como prioridade dar qualificação profissional aos jovens, defendeu novamente sua ideia de alistamento civil e fez, mais uma vez, promessas para melhorar o ensino público. “Especialmente no ensino médio nós temos um problema grave, alunos desanimados, professores com remuneração baixa, e sala de aula chata. Nós queremos mudar isso. Lousa digital, tecnologia, inovação, com professor bem remunerado, animado, e garantir pra todo aluno do segundo e terceiro ano do ensino técnico de graça e sem vestibular da Etec”, disse o candidato. França também não poupou críticas ao candidato João Doria (PSDB), que exibiu comercial com uma foto de França quando ele era obeso. "Brincar com a minha doença, com a minha saúde, não é uma coisa correta nem pra ele nem pra ninguem. A política tem limite. Ele tem que entender que isso não se faz", disse França. "Quando eu fiz a cirurgia de diabete, eu fiz porque precisava, assim como milhares de pessoas precisam no Brasil. 16% das pessoas no Brasil têm diabete. Muitas delas morrem com problema cardíaco. É inaceitável. A brincadeira foi mostrar minha foto gordo depois magro, como se eu fosse uma sanfona. Coisa de gente desrespeitosa, de gente insensível ”, declarou Márcio França.
 
Fonte: www.g1.globo.com
 
Voltar
 
Compartilhar no Orkut Compartilhar no Facebook
 

cadastre-se

.
Digite seu e-mail aqui:
 

publicidade

.
IV SEMINÁRIO NACIONAL DE SINDICATOS DE CAMINHONEIROS AUTÔNOMOS
 
 
. .
Desenvolvido por:
F2 Webdesigner
Palavra do Presidente | Diretoria | História do Sindicam | Notícias | Sub-sedes | Jurídico | Eventos
Benefícios | Convênios | Links | Contato | Localização | Sindicams | Jornal do Sindicam